Por: Vinícius Mariano

O líder da Al Qaeda, Ayman al-Zawahiri, foi morto em um ataque dos Estados Unidos no Afeganistão neste fim de semana, segundo o presidente americano, Joe Biden (Democrata), nesta segunda-feira (1).

O terrorista Zawahiri, que tinha uma recompensa de US$ 25 milhões por sua cabeça, ajudou a coordenar os ataques de 11 de setembro de 2001 que mataram quase 3 mil pessoas nos EUA. Este é considerado o maior golpe para o grupo terrorista desde que seu fundador, Osama bin Laden, foi morto em 2011, durante o governo Obama.