CPI da covid-19 deverá fazer denúncia por prevaricação contra o Presidente da República. A decisão sobre o assunto deve ser tomada pela comissão na próxima quarta-feira (30).

A mesa da diretora da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que prepara a apresentação de uma notícia-crime por prevaricação contra Jair Bolsonaro. Desde o início os trabalhos são direcionados para culpar o governo federal por quaisquer erros cometidos no combate ao covid-19, inclusive abafando casos graves de corrupção na esfera estadual, e desgastar a imagem do Presidente da República.

De acordo com Renova Mídia, a informação foi divulgada hoje (26) mais cedo e a decisão deverá acontecer de maneira definitiva na próxima quarta-feira (30). A decisão sobre o assunto deve ser tomada pela comissão na próxima quarta-feira (30).

Ainda de acordo com a publicação, a denúncia será apresentada ao Supremo Tribunal Federal (STF) e à Procuradoria-Geral (PGR). De acordo com o Código Penal, prevarica quem retarda ou deixa de praticar ato de ofício para satisfazer interesse pessoal.

No entanto, chegou-se à decisão após a avaliação dos depoimentos dos irmãos Luís Miranda, deputado federal, e Luís Ricardo Miranda, servidor do Ministério da Saúde. Para a oposição, a oposição vai trabalhar o discurso de que Jair Bolsonaro ignorou o alerta feito pelos depoentes de que havia corrupção na compra da vacina indiana Covaxin, da Bharat Biotech.

Filie-se agora ao Movimento Conservador! Acesse: