Por: Vinícius Mariano

O governo do presidente Jair Bolsonaro (PL) anunciou, na noite desta segunda-feira (21), que irá zerar o imposto de importação do etanol e de seis alimentos, dentre eles café, margarina, queijo, macarrão, açúcar e óleo de soja. A medida foi anunciada pelo Ministério da Economia, após reunião do Comitê-Executivo de Gestão (Gecex) da Câmara de Comércio Exterior (Camex). O imposto zerado terá validade a partir de quarta-feira (23), quando for publicado o respectivo decreto, e terá validade até o final do ano de 2022.

O objetivo maior da medida é controlar a inflação: o secretário-executivo do Ministério da Economia, Marcelo Guaranys, disse que o governo está preocupado com esse indicador: “Estamos preocupados com o impacto da inflação sobre a população. Estamos definindo redução a zero da tarifa de importação de pouco mais de sete produtos até o final do ano. Isso não resolve a inflação, isso é com política monetária, mas gera um importante incentivo”, disse Guaranys.

Segundo o Ministério, a medida reduzirá em até R$ 0,20 centavos o preço da gasolina, que tem, em sua composição, 25% de álcool anidro. Devido à alta recente dos combustíveis devido à guerra entre Rússia e Ucrânia, a equipe econômica espera que a redução da tarifa de impostação mitigue essa alta.