Mesmo após avançar muito com vacinação em sua população, Chile vê disparo no número de novos casos e mortes causados por Covid-19. País chegou a superar Estados Unidos e Reino Unido no porcentual da população imunizada.

Mesmo após avançar muito com vacinação em sua população, Chile vê disparo no número de novos casos e mortes causados por Covid-19. País chegou a superar Estados Unidos e Reino Unido no percentual da população imunizada, e hoje conta com 30,6% nos novos casos e 17,2% nas mortes, nos últimos 30 dias. 

De acordo com Diário do Poder, chilenos começaram a ser vacinados em Dezembro e, rapidamente, contavam com média diária de cerca de 2 mil casos e 40 mortes. Contudo, após cinco meses, a média diária superou os 7.200 casos, aumento de 260%. Com relação aos óbitos, a média diária fechou a semana passada em 113, aumento de 182,5%.

Ainda de acordo com a publicação, até meados de abril, o Chile havia aplicado basicamente apenas Coronavac, 90% do total. Segundo a imprensa local, a Pfizer também foi aplicada na população. O índice Worldometer registrou 213 mortes só na última quinta-feira (03). Este número é o segundo maior registrado no país desde 27 de junho do ano passado.

De acordo com a reportagem, 44% dos chilenos estão imunizados. Contudo, se fosse do tamanho do Brasil, a média diária de casos no Chile seria de 1.188. Já no quesito mortes, o Chile supera o Canadá, que tem dobro da população, e as Filipinas, que é cinco vezes mais populoso.

Filie-se agora ao Movimento Conservador! Acesse: