Em pronunciamento, Ministro Bento Albuquerque pediu economia de energia e uso responsável da água. No entanto, ele afastou risco de apagão. Brasil passa pela maior crise hídrica dos últimos 91 anos, o objetivo da medida é tirar a pressão do sistema elétrico. 

Durante pronunciamento em cadeia nacional de televisão ontem (28), o ministro de Minas e Energia pediu aos brasileiros que para economizem o consumo de energia elétrica. Ademais, Bento Albuquerque também pediu que o povo evite o desperdício de água.

De acordo com Renova Mídia, o Brasil passa pela maior crise hídrica dos últimos 91 anos, o objetivo da medida é tirar a pressão do sistema elétrico. O próprio Presidente Jair Bolsonaro chegou a mencionar, há algumas semanas, o problema de falta de chuvas na bacia do Rio Paraná. Com isso, o abastecimento de hidrelétricas e, consequentemente, a geração de energia ficam comprometidos.

Ainda de acordo com a publicação, Bento Albuquerque destacou, durante sua fala em rede nacional, ações que a pasta vem tomando para evitar maiores complicações. Ele explicou que on ministério está finalizando um programa voluntário que incentiva as empresas a deslocarem o consumo de maior demanda de energia para os horários de menor demanda. No entanto, enfatizou que a produção não será afetada.

“Essas medidas são essenciais, mas, para aumentar nossa segurança energética, é fundamental que, além dos setores do comércio, de serviços e da indústria, a sociedade brasileira, todo cidadão-consumidor, participe desse esforço, evitando desperdícios no consumo de energia elétrica. Com isso, conseguiremos minimizar os impactos no dia-a-dia da população. […] O uso consciente e responsável de água e energia, reduzirá consideravelmente a pressão sobre o sistema elétrico, diminuindo também o custo da energia gerada.”

Filie-se agora ao Movimento Conservador! Acesse: