Por: Vinícius Mariano

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes, prorrogou, nesta terça-feira (12), o inquérito que apura a existência de supostas “milícias digitais” por mais 90 dias.

O inquérito tem como alvo influencers de direita que, através das redes sociais, supostamente “atacam as instituições democráticas”.