O núcleo do grupo no município do interior de São Paulo, distante da capital cerca de 276km, realizou uma ação social para ajudar uma criança de apenas 1 ano e 6 meses diagnosticada com diabetes infantil tipo 1. Para evitar que a menina precisasse ser picada várias vezes a fim de realizar testes de glicemia, uma vaquinha foi realizada para compra de um sensor que custa em média R$260,00 e dura cerca de 15 dias.

A mãe buscou ajuda para que a prefeitura pudesse fornecer o equipamento e, após a ajuda da coordenação nacional do Movimento Conservador, na pessoa de Steh Papaiano, foram arrecadados R$7100,00 que serão usados para compre dos sensores e para auxiliar a garota.