O Movimento

DE SÃO PAULO

PARA O

NOSSA HISTÓRIA

     A nossa trajetória começa em 2016, com o despertar da consciência de muitos patriotas. Em meio à crise institucional pela qual passávamos em virtude do péssimo Governo de Dilma Roussef, brasileiros reuniram-se no Largo da Batata, em São Paulo, para realizar uma manifestação em apoio às ideias propagadas pelo então deputado federal Jair Bolsonaro. E é nesse momento que Edson Salomão, Jorge Luís e Douglas Garcia unem propósitos e idealizam o Direita Paulistana.

     Defendemos, desde o princípio, o resgate da cultura Ocidental, a moral e os valores cristãos, o direito romano e a filosofia grega. Mas diferente de muitos, além de defender tais ideais, nós entramos para o real campo de batalha: a formação intelectual, cultural e política. No chão do Centro Cultural de São Paulo, local hostil e extremamente progressista, começamos com nossas reuniões semanais, grupos de estudos e a organização de pessoas comprometidas com as liberdades individuais, o direito à vida e a autodefesa, o livre mercado e o Estado de direito.

Edson Salomão, Douglas Garcia e Jorge Luís

     Em poucos meses, o Direita Paulistana se tornou o Direta São Paulo. A adesão aumentou por todo o Estado e o movimento se espalhou por várias cidades paulistas. No entanto, nossa atuação mantinha-se a mesma. Sempre conscientes, graças aos ensinamentos do professor Olavo de Carvalho, de que o trabalho cultural e de base é a única forma de transformação nacional. E assim continuamos, formando uma militância organizada em favor dos princípios conservadores.

     Cientes da necessidade de atuar também dentro da política, o Direita São Paulo começou a fiscalizar meticulosamente as Câmaras Municipais, travando diversas iniciativas da esquerda. Mas isso não era suficiente, nós precisávamos encarar o establishment de dentro dele. E então, nas eleições 2018, lançamos para o cargo de deputado estadual, em São Paulo, o nome de Douglas Garcia, nosso fundador e um jovem aguerrido, que foi eleito com mais de 74 mil votos.

     E não paramos. Pessoas de diversos Estados brasileiros queriam unir forças e fazer parte desse trabalho. Por isso, em agosto de 2019, o Direita São Paulo adotou uma nova identidade e passou a se chamar Movimento Conservador. Além disso, foi fundado o Instituto Conservador que coordena diversas atividades, como: jornalismo (Gazeta Conservadora), aulas de percussão e samba-enredo (Batucada Opressora), prática esportiva (Reaças Futebol Clube), organização estudantil (UNECON) e aulas de defesa pessoal (COTE).

     Hoje, somos o maior Movimento Conservador do Brasil, mas ainda temos um longo caminho a percorrer. E não há nada que nos faça parar ou calar. Afinal, a base vem forte!

#combativoeindepedente

ONDE ESTAMOS

EM

0
ESTADOS

EM

0
CIDADES

MAIS DE

0
FILIADOS

VEJA ONDE O MOVIMENTO CONSERVADOR ESTÁ PRESENTE:

REGIMENTO INTERNO MOVIMENTO CONSERVADOR – 08/01/2021

O Movimento Conservador é um movimento que defende os valores do patriotismo, da família tradicional, da propriedade privada, e da moral judaico-cristã.

Defendemos a importância de ensinar o legado da Civilização Ocidental e transmitir:

 

  1. I) a moral judaico-cristã;
    II) a filosofia clássica;
    III) o Estado de Direito;
    IV) o livre mercado;
    V) as liberdades individuais;
    VI) a autodefesa;
    VII) e o Direita à vida.

 

O Movimento Conservador é um movimento pró Brasil, que acredita que a forma mais eficaz de agir e difundir ideias é nos círculos de reuniões.

O Movimento Conservador vem crescendo por todo o país, por meio de abertura de núcleo municipais.

Requisitos para ser membro do Movimento Conservador:

 

1- Posição contrária à legalização:

  1. a) do aborto;
    b) das drogas;
    c) de política de cotas;
    d) do ativismo subversivo;
    e) de ideologias racialistas, e de gênero;
    f) de doutrinação ideológica em ambiente estudantil.

 

Posição favorável à mudança:

  1. a) na legislação penal;
    b) maioridade penal;
    c) legalização do porte de armas.

 

2- É necessária a existência de sinergia entre os membros do Movimento Conservador, para que sejamos fortes na defesa dos valores.

 

3- O Movimento Conservador é uma iniciativa do Instituto Conservador, que abarca diversos projetos. Assim, o membro do MC não poderá ser filiado a outros movimentos, com exceção do próprio Instituto Conservador.

 

4- Todos os membros que se filiarem ao Movimento Conservador serão automaticamente filiados ao Instituto Conservador para manter relação com os demais núcleos do Movimento Conservador e iniciativas do ICON em outros Estados.

 

5- Fica proibido incitar à briga entre cristãos, inclusive discussões sobre vertentes teológicas nos grupos do Telegram e nas reuniões dos núcleos do Movimento Conservador.

 

6- É obrigatória a realização de encontros semanais nas cidades onde existam núcleos do Movimento Conservador. O conteúdo abordado nos encontros terá como uma das bases intelectuais as do curso Política, Governo e Conservadorismo.

 

7- Os coordenadores dos núcleos irão transmitir aos seus respectivos núcleos e membros, o conteúdo do curso de forma ONLINE, caso tenha uma estrutura. Ao final de cada estudo será reservado pelo menos uma hora para o livre debate entre os membros.

 

8- Se os coordenadores dos respectivos núcleos desejarem uma programação diferente, poderão escolher outro programa, desde que seja coerente com os valores conservadores apresentados neste regimento.

 

9- Para iniciar o processo de filiação ao Movimento Conservador é necessário preencher a ficha de Pré-filiação disponível no site www.movimentoconservador.com e realizar a instalação do aplicativo Telegram, pois é o meio de comunicação oficial adotado pelo movimento e o qual entraremos em contato para dar andamento na admissão à membresia. Após a sua admissão o filiado deverá realizar a compra de UMA camiseta do Movimento Conservador no valor de R$ 60,00 com frete incluso. O filiado terá a opção de aderir ou não aos planos mensais de benefícios.

 

Parágrafo Único: O Movimento Conservador não será utilizado para alavancar o nome de aproveitadores, não apoiaremos ninguém em campanha eleitoral que não promova os valores conservadores, e que não apresente um trabalho consolidado conhecido no meio conservador.

 

10- É vedada a articulação ou relação institucional com partidos e/ou movimentos esquerdistas de qualquer espécie.

 

São Paulo, 08 de Janeiro de 2021.

MOVIMENTO CONSERVADOR


#COMBATIVOEINDEPENDENTE

ESTATUTO ICON

Para visualizar o Estatuto ICON clique aqui