Por: Vinícius Mariano

O Partido Liberal Democrata (PLSD) venceu, neste domingo (10), as eleições para a Câmara Alta do Japão, a Casa do parlamento equivalente ao Senado do Brasil. Com a vitória, o partido poderá revisar a Constituição japonesa, que é considerada pacifista pelos eleitores, e aumentar o poderio militar do país.

Reverter essas medidas era um dos principais objetivos de Abe, assassinado na última sexta-feira (8), que defendia uma expansão militar no Japão. Contudo, seu partido nunca havia conquistado uma maioria constitucional para realizar tal reforma.