Durante a transmissão ao vivo realizada nessa quinta-feira (16), o presidente Jair Bolsonaro disse que vetará a quarentena para juízes, militares, guardas municipais e policiais. Ele destacou que a proposta ainda tramitará no Senado Federal, podendo ser ainda alterada e logo depois iria para sanção ou veto presidencial.

O presidente classificou como “retrocesso” e “perseguição” para com as classes militares. Além disso, Jair Bolsonaro questionou os parlamentares que tanto falam em democracia.