Supremo Tribunal Federal (STF) marcou para amanhã sessão extraordinária para decidir a realização da Copa América no Brasil, a partir de Mandado de Segurança impetrado por PT e PSB. Início do torneio está marcado para o próximo domingo (13), em Brasília.

O Supremo Tribunal Federal (STF) marcou para amanhã (10) uma sessão extraordinária para decidir sobre a realização da Copa América no Brasil. Decisão se dá a partir de mandados de segurança impetrados pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB) e pelo Partido dos Trabalhadores (PT) no início do mês para impedir que o torneio aconteça. O evento tem abertura marcada para o próximo domingo (13), no Estádio Mané Garrincha, em Brasília.

De acordo com Yahoo, a ministra Carmen Lúcia ficou com a relatoria do processo e solicitou agendamento da sessão. Os ministros do STF devem analisar em no máximo 24 horas como seguir com a realização da Copa América no país. Anteriormente, o ministro Ricardo Lewandowski já tinha pedido informações ao governo federal sobre a realização do torneio.

À época, o ministro-chefe da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos, declarou que a realização da Copa América no Brasil estava em negociação entre o governo federal e a Conmebol, por meio da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). No entanto, ponderou, também, que caso fosse possível a realização do torneio, ele seria feito. O governo federal fez várias solicitações à entidade que precisariam ser atendidas, como condição de abrigar o evento. Ademais, ele confirmou que conversas aconteceriam visando bater o martelo com relação a levar a possibilidade adiante, o que depois acabou se concretizando.

Filie-se agora ao Movimento Conservador! Acesse: