Por: Vinícius Mariano

O YouTube suspendeu, na última segunda-feira (27), o canal oficial da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (ALESP), após o veículo exibir o documentário “Lockdown uma história de desinformação e poder”, a pedido do deputado Douglas Garcia (Republicanos-SP), durante uma audiência na Casa.

O filme do diretor Ian Maldonado foi feito no começo da pandemia de Covid-19, quando a Organização Mundial da Saúde não tinha uma posição sobre o fechamento do comércio. A plataforma alegou que o documentário divulga “informações médicas incorretas”, mas a produção baseou-se somente em documentos oficiais e publicações científicas.

Após o ocorrido, o deputado Douglas Garcia, representante do Movimento Conservador na ALESP, informou que entrou com um requerimento na Comissão dos Direitos do Consumidor da Assembleia, para que os representantes do YouTube compareçam à Casa para dar explicações